Sexta, 15 de Outubro de 2021
25°

Pancada de chuva

Campo Maior - PI

Dólar
R$ 5,46
Euro
R$ 6,33
Peso Arg.
R$ 0,06
POLÍTICA TRANSPARÊNCIA

Georgiano Neto pede transparência ao Governo sobre espaço do PSD em chapa

"Toda vez que alguém do Governo se refere ao PSD é com alguma condicionante", desabafou o deputado.

21/07/2021 às 23h17
Por: MARCELO BARROS Fonte: GP1
Compartilhe:
Georgiano Neto pede transparência ao Governo sobre espaço do PSD em chapa

O deputado Georgiano Neto conversou, nesta quarta-feira (21), sobre a estratégia revelada pelo deputado Franzé Silva para que o PSD conseguisse ocupar a vaga de candidato a senador na chapa majoritária. Segundo Geogiano, o partido não trabalha com conjecturas, mas com objetividade e cobrou reconhecimento e transparência por parte do Governo.

Franzé disse, nessa terça-feira (20), que Wellington Dias pode abrir mão de ser candidato ao Senado para acomodar o PSD, caso seja convocado pelo ex-presidente Lula para coordenar sua campanha no ano que vem.

Em resposta, Georgiano Neto cobrou objetividade já que, de acordo com ele, a participação do PSD na chapa governista sempre está sendo atrelada a condições. “O PSD, pela força que se tornou, a gente precisa tratar de maneira bem objetiva, são situações que podem vir a acontecer, mas toda vez que alguém do Governo se refere ao PSD é com alguma condicionante e precisamos tratar de maneira bem objetiva, transparente, assim como nós temos feito e buscar entendimento”, desabafou o deputado.

Georgiano reforçou que o partido busca um reconhecimento e o seu espaço. “Nós estamos buscando o nosso espaço, queremos um justo reconhecimento, uma valorização do partido. Nós temos dialogado com o governador, com o próprio Rafael Fonteles, que é o pré-candidato ao governo da base aliada, buscado o melhor entendimento e que seja aquilo que atenda aos desejos e perspectivas que o PSD tem para 2022”, afirmou.

Questionado se o partido fica incomodado por sempre ser tratado com condicionantes, o deputado garantiu que não, mas afirmou que caso não haja o reconhecimento que espera, o PSD buscará uma solução. “Não nos incomoda até porque, caso não aconteça [o reconhecimento], vamos sentar e avaliar qual melhor cenário para o partido”, finalizou.

Ele1 - Criar site de notícias